Fitbit Charge 4 vem com GPS

Fitbit Charge 4 vem com GPS e uma nova métrica esportiva

Revisado em 28 de dezembro de 2020

O Fitbit Charge 4 tem um design parecido com as versões anteriores, mas vem com funcionalidades fitness poderosas. Confira mais informações a seguir.

Fitbit Charge 4
Fitbit Charge 4

Agora o Fitbit Chage 4 é oficial, e logo vai chegar ao mercado.Pela primeira vez na linha da Fitbit, foi incluído o GPS embutido (sem precisar parear ao telefone), e vem reforçado nas métricas de saúde e esportiva, como frequência cardíaca, fitness e exercícios.Interessante dizer que já é possível encontrar ele para pré-venda, antes do dia 15 de abril.

A série Fitbit Charge sempre foi uma ótima escolha para quem gosta de exercício, isto porque ele oferece um conjunto de recursos mais avançado que qualquer outro smartwatch esportivo da Fitbit. Além disso, a linha Charge da empresa, geralmente é a primeira a ter os recursos de tecnologia de ponta da Fitbit.

Pelas imagens do smartwatch, não parece que alguma coisa no design mudou, até porque de fato, a aparência do relógio está igual a do seu antecessor, o Charge 3.

O que não é ruim, já que o Charge 3 tem um design funcional e bonito; claro e a tela poderia ser melhor ou então a faixa poderia ser mais fina. Mas isso também tem um lado positivo, já que existem vários modelos de faixas do Charge 3 por um bom preço, que poderão ser utilizadas também no Charge 4.

Principais características do Fitbit Charge 4

  • Tela sensível ao toque OLED de 160 x 100
  • Impermeável até 50 metros (piscina e mar)
  • Bateria com duração de até sete dias (modo smartwatch)
  • É capaz de acompanhar exercício de natação
  • 20 modos de exercício
  • Frequência cardíaca, VO2 máximo, SpO2
  • Detecção automática de início de exercício
  • Rastreamento de atividade 24/7
  • Notificações de smartphones
  • Responde às notificações (somente Android)
  • Suporte para Fitbit Pay
  • Funciona com iOS e Android

Fitbit Charge 4 –veio com GPS e outros recursos novos

Fitbit Charge 4 –veio com GPS
GPS gasta bateria mais rápido

Afinal de contas, o que mudou no Fitbit Charge 4?

Um GPS embutido no Fitbit estava no topo da lista desejos de novos recursos, e agora o Fitbit Charge 4 veio com esta tão esperada funcionalidade. Agora, com esta novidade, os usuários do deste novo smartwatch vão poder fazer exercícios ao ar livre, sem precisar estar pareado com um celular.

Até agora, o GPS estava presente apenas em dispositivos mais profissionais e especializados, como Fitbit Ionic e Surge, que são um pouco diferentes dos produtos da Fitbit até agora. Além disso, já era hora de a Fitbit lançar um Charge com GPS.

Interessante falar que o Charge 4 tem resistência a água de 5 ATM, além de 7 dias de duração da bateria, frequência cardíaca, rastreamento do VO2 Max, um sensor de SpO2 que é capaz de estimar a variação de oxigênio no sangue.

Corredores iniciantes e profissionais que gostam de se exercitar na rua, irão gostar deste relógio que não precisa de smartphone, e além disso, tem várias métricas interessantes para que faz exercícios regularmente.

Nova função: Active Zone Minutes – tempo de atividades cardiovasculares intensas

atividades cardiovasculares

Esta nova função é capaz de acompanhar e medir a frequência cardíaca, quanto você está em repouso ou quando estiver em atividades intensas. Por enquanto, esta funcionalidade é exclusiva para o Charge, mas pode chegar também à linha Versa do Fitbit.

Interessante dizer que não se trata de uma medição comum de exercícios e frequência cardíaca, já o Charge 4, é capaz de contar o minuto em dobro, se o exercício tiver picos e aumento atividades cardiovasculares intensas.

Isto significa que, a cada minuto de atividades intensas e de pico, o smartwatch vai contar como dois minutos. A ideia é medir os picos de aumento da frequênciacardíacas e dar o dobro de crédito aquelas que atingirem “zonas de pico”.

Isto vai fornecer melhor acompanhamento para o usuário. Já que até agora o relógio interpretava da mesma forma aqueles que corriam (ou faziam aulas de com cardiovasculares intensas), com aqueles que faziam apenas uma caminhada rápida.

Ora, uma caminhada rápida gasta muito menos calorias que uma atividade intensa cardiovascular.Esta nova funcionalidade busca trazer maior assertividade, julgando exercícios diferentes com as características que cada um tem.

Além disso, o novo Fitbit vai dar foco também aos picos de frequência cardíaca pós-treino. Isto será muito importante para que as pessoas possam entender melhor a progressão e a resposta do corpo depois que o exercício termina.

O Active Zone Minutes, é baseado em recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), que indica que 150 minutos de atividade moderada ou 75 minutos de atividade intensa, por semana.

O Fitbit Charge 4 e os players de música

Fitbit Charge 4 vem com GPS

Quem gosta de utilizar o Spotify vai gostar da novidade, existe uma nova funcionalidade o “Spotify Connect &Control”, que permite aos usuários ter maior controle sobre o streaming. Já que poderão “reproduzir, pular e retroceder sua música, selecionar suas listas de reprodução favoritas, e alternar facilmente entre dispositivos compatíveis com o Spotify”.

Mas, é importante salientar que não existe a opção de fazer armazenamento offline, ou sincronização de músicas no Charge 4. Na verdade, ele mais parece um controlador aprimorado, mas que precisa de um celular pareado para tocar músicas.

Entretanto, isto é mais específico para o Spotify, já que não parece haver nele controladores (de players de música) específicos para Apple Music ou Amazon Music neste smartwatch.

Os outros recursos do dispositivo são praticamente os mesmos do Charge 3. Interessante dizer que a Fitbit havia anunciado que o recurso de ativação inteligente do Fitbit Versa (que te acorda na parte ideal do sono), estaria no Charge 4, entretanto, não foi apresentado durante o lançamento.

Quando aos pagamentos, será possível utilizar o Fitbit Pay, que estará presente já no dispositivo padrão, sem a necessidade de adquirir a edição especial para ter esta funcionalidade.

O Fitbit Premium, será gratuito pode 90 dias, nele você tem acesso a vários novos exercícios, além dos 40 exercícios gratuitos.

Conheça mais smartbands da Fitbit no brasil:

Conclusão Fitbit Charge 4

Realmente o Fitbit Charge 4 é uma atualização bem inteligente, já que adicionou vários recursos que os usuários estavam esperando. Vale lembrar que dependendo do país, o Charge 4 pode ter um preço diferente, além disso, haverá uma edição especial com uma faixa feita de granito e tecido preto, e uma faixa esportiva preta adicional.

Obs: No dia quando este artigo é publicado (16 de abril de 2020), esse modelo ainda não está disponível no mercado brasileiro.

Gostou das novidades? Comente conosco sua opinião e compartilhe com os amigos as novidades!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *